Conteúdo Adulto

Os vídeos e fotos deste blog são publicados ou recebidos livremente pela Internet, seja por e-mail, sites ou Messenger (todos maiores de 18 anos). Se você é detentor dos direitos autorais de quaisquer obras aqui publicadas indevidamente, por favor, entre em contato para que possamos removê-las. Fotos em sua maioria retiradas da internet.

Se tiver direitos autorais e quiser que eu tire me manda um e-mail: mauromachadobecker@hotmail.com ou entre em contado pelas minhas redes sociais.

Tudo aqui é de conteúdo adulto, então se for menor de idade, feche a página imediatamente. Caso seja maior de idade, continue livremente e boa diversão!

Mandem fotos, vídeos, comentários, sugestões e acesse também o "Bate Papo com VídeoCam"

Compartilhe o Banner abaixo e seja meu parceiro! Desde já, agradeço :)

Me da uma ajuda aê para divulgar meu blog, publicando em páginas, grupos, compartilhando e comentando também! Vai me ajudar muito. http://aventurasdeumbecker.blogspot.com.br/

Facebook: http://www.facebook.com/mauromachadobecker2

quarta-feira, 25 de fevereiro de 2015

A partir do dia 23 de março, o Blogger não permitirá mais determinados tipos de conteúdo sexualmente explícito.

"Censurar este conteúdo é contrário a um serviço que se baseia na liberdade de expressão"

Recebi a seguinte mensagem: 
Gostaríamos de informar que a partir do dia 23 de março de 2015, o Blogger não permitirá mais o compartilhamento público de conteúdo adulto no Blogger, incluindo imagens e vídeos que sejam sexualmente explícitos ou que apresentem nudez evidente. Recomendamos que os autores e administradores façam as alterações necessárias nos blogs para estar em conformidade o mais breve possível.
O que acontecerá agora?
  • Nos próximos dias, os autores e administradores do Blogger serão notificados sobre a mudança na política e serão instruídos a fazer as alterações necessárias nos blogs deles para obedecer nossa política revisada e evitar interrupções no serviço.
  • A partir de hoje, todos os autores e administradores do Blogger verão uma mensagem no painel notificando sobre a mudança na política. Alguns também receberão uma notificação por e-mail.
O que acontecerá depois?
A partir do dia 23 de março de 2015, quando a nova política entrar em vigor:
  • A equipe do Blogger mudará a configuração de privacidade de "público" para "particular" dos blogs hospedados na plataforma do Blogger que ainda apresentarem imagens ou vídeos com nudez evidente ou sexualmente explícitos, mesmo com um aviso incorporado. Nenhum conteúdo será excluído, mas apenas os autores, administradores e leitores explicitamente convidados terão acesso ao conteúdo do blog. Se você quiser manter seu blog público, será necessário remover todo o conteúdo infrator e solicitar uma análise clicando no botão "Análise".
  • Os blogs que removerem todas as imagens e os vídeos com nudez evidente ou sexualmente explícitos que estavam infringindo a política atualizada até essa data continuarão acessíveis para o público normalmente.
  • Os blogs que, no momento, mostram o aviso incorporado, mas não apresentam imagens e vídeos com nudez evidente ou sexualmente explícitos, continuarão exibindo o aviso e permanecerão públicos.
  • Os blogs que nunca apresentaram imagens e vídeos com nudez evidente ou sexualmente explícitos não serão afetados e continuarão acessíveis para o público normalmente.
Nós ainda permitiremos a nudez apresentada em contextos artísticos, educativos, científicos ou de documentário, ou quando houver outros benefícios significativos para o público. Esses tipos de blog precisão exibir um aviso incorporado  para continuarem sendo públicos.
Infelizmente querem censurar o sexo no blog, como se isso fosse um Tabu que não podemos saber, ver, escrever, mostrar! 
Fica aqui a minha revolta de tal atitude!!!!
Ass: Mauro Machado Becker


Estou temporariamente também com o meu facebook bloqueado, peço desculpa aos meus amigos, mas está chovendo denúncias sobre a minha pessoa, então preferi me ausentar por enquanto! Mas em breve estarei de volta!!! Não é culpa minha, mas sim dos invejosos de plantão que não estão satisfeitos com a minha pessoa, minhas publicações e meu blog!

Em breve estarei de volta com o perfil no 
Facebook: Mauro Machado Becker 
e vou resolver como ficará meu blog 
Aventuras de um Becker... 
grave esses nomes para futuramente me achar no Google!!!
Um abraço a todos e vlw pelo apoio!!




segunda-feira, 23 de fevereiro de 2015

Enquete + Grupo de Whatsapp + Festa Oficial de Putaria

ENQUETE

O que você acha da prática do Bareback?


Sou a favor, tenho prazer no risco de disseminar o HIV.
Sou a favor, mas não havendo a disseminação do HIV.
Sou a favor, havendo ou não a disseminação do HIV
Sou contra, porque a saúde diz respeito unicamente ao indivíduo.
Sou contra, faço apenas de camisinha.
Indiferente, pois as pessoas vão continuar transando sem camisinha.

Responda a enquete ao lado esquerdo do Blog, vamos ver qual é a opinião da maioria!


GRUPO NO WHATSAPP BAREBACK:


PutariaSemFrescura:
Solicitar convite aos administradores 21995128750 8195721617 8196434063 8299201055

FestadoValeTudoEuFui: 
Solicitar convite na entrada do Club Mix Bar, deixando seu contato para adicionar


FESTA OFICIAL PARA ENCONTROS

Festa do Vale Tudo (Centro do Rio): Nosso encontro será nas datas marcadas no site, para quem é safado  e curte uma putaria sem camisinha, nosso encontro será no 2ºANDAR (DarkRoom e Cabines)

Nos demais andares, poderá rolar sexo com ou sem camisinha (1º,3º,4º e 5°): Terá disponível na entrada camisinhas, caso necessitem.

Mais informações como preço, datas e como chegar em: http://festadovaletudo.blogspot.com.br

Março 2015
Dias 08 e 22
Abril 2015
Dias 05 e 19
Maio 2015
Dias 03, 17 e 24
Junho 2015
Dias 07 e 21
Julho 2015
Dias 05 e 19
Agosto 2015
Mês de aniversário da FESTA DO VALE TUDO. Aberto TODOS OS DOMINGOS
Setembro 2015
Dias 06 e 20
Outubro
Dias 04 e 18
Novembro
Dias 08, 15 e 22
Dezembro
Especial de final de ano. Abriremos TODOS OS DOMINGOS.

Grupos de homens usam táticas para passar vírus HIV de propósito

Adeptos compartilham vídeos e fotos com "passo a passo" na internet
Espalhados em sites e blogs pela internet e presentes em saunas e casas de sexo, grupos de homens soropositivos de diversas partes do Brasil têm usado táticas para infectar parceiros sexuais propositalmente. Adeptos da modalidade bareback, na qual gays fazem sexo sem camisinha, eles têm compartilhado dicas de como transmitir o HIV sem que o parceiro perceba. 
Na web e nas baladas, os barebackers formam o "clube do carimbo". Em blogs, compartilham diferentes técnicas para fazer sexo sem proteção ou furar a camisinha. Fotos e vídeos ilustram o "passo a passo".
Há três semanas, uma dessas páginas chamou a atenção e foi compartilhada nas redes sociais. Nas postagens, um aviso de que as férias escolares e o carnaval são os melhores momentos para "carimbar" (ato de transmitir o vírus), principalmente os jovens. "Todo macho recém-convertido ao bare, lá no fundo, quer ser carimbado para ser convertido para o nosso lado, para o bare 'vitaminado'", escreveu o autor. O "vitaminado" é uma clara referência aos portadores do HIV.
M.M.B, além das dicas de transmissão proposital, adverte sobre a discrição na hora da transmissão e incentiva o ato.
"Não fez ainda? Faça! Pois é bem provável que já tenham feito com você", afirmou.
Em entrevista ao Estado de São Paulo, o jovem (M.M.B) nega que já tenha transmitido DST (doença sexualmente transmissível) propositalmente e alega que publicou as dicas porque seus seguidores gostam do assunto.
— Não vou ser hipócrita e dizer que não curto (sexo sem camisinha). Curto, sim, assim como a maioria curte. Nunca faço sexo com camisinha e postei as dicas porque a galera gosta e sente fetiche. 
*ESTE TEXTO É SÓ UMA IDEIA. COMENTADO NACIONALMENTE E INTERNACIONALMENTE, UM FATO QUE OCORRE E QUE NÃO QUER DIZER QUE EU FAÇA ISSO"
O “barebacking” é um fenômeno sociocultural que surgiu recentemente entre os homens que fazem sexo com homens (HSH), e se caracteriza pela prática intencional de sexo anal sem proteção com parceiros sexuais avulsos, ou seja, uma atitude consciente e sem um contexto de sexo seguro negociado entre as partes. O termo em inglês significa “traseiro careca”, mas utiliza-se também a expressão “cavalgar sem sela”. O pessoal praticante do “barebacking” que compartilha a valorização do HIV possui uma linguagem própria:
Bareabacking Parties (Festas de barebacking): Sexo em grupo sem camisinha
Bug Chaser (Inseto perseguidor de problemas): HIVquerendo ser HIV+ 
Gift Givers (Doador de presentes): HIV+ querendo contaminar HIV
The Gift (O presente): o vírus HIV 
Conversion Parties (Festas de Conversão): festas onde os Bug Chaser são convertidos em Gift Givers – daí vem o “status”
Russian Roulette Parties (Festas de Roleta Russa): Festas onde existem pessoas HIV+ e HIV- 
Bug Brothers (Irmãos de problemas): grupos de pessoas HIV+ 
Charged Cum ou Poz Cum (Ejaculação carregada): Sémem com HIV 
Fuck of Death (Foda da morte): Sexo quando é transmitido o HIV
A decisão de quando e com quem usar camisinha é individual, isto todo mundo já sabe, mas o senso comum diz que devemos usar camisinha sempre. O praticante do bareback é que decidi se nunca vai usar preservativo, se não vai usar com o namorado ou parceiro fixo ou se não vai usar exporadicamente. Pode parecer incrível aos primeiros olhos, mas alguns praticantes não usam camisinha com o claro objetivo de se contaminar com o HIV. Em salas de bate-papo destinada a este público (há salas na da net) foram encontradas pessoas que anseiam contrair o vírus pois isto lhe daria um maior "status" dentro do seu grupo de bareback.
Orgias são chamadas de roleta-russa Da internet, onde os encontros são marcados, o clube do carimbo parte para a ação em festas sigilosas. Apartamentos em bairros de classe média alta, saunas e boates de sexo gay são usados para a disseminação do vírus. As orgias são chamadas de "conversion parties" ou "roleta-russa". No meio dos convidados, há os "bug chasers" (caçadores de vírus), o soronegativo que prefere sexo sem camisinha, e os "gift givers" (presenteadores do vírus), que são os soropositivos dispostos a contaminar propositalmente ou com consentimento.
R.H., de 36 anos, é empresário e soropositivo há cinco anos. Semanalmente, frequenta clubes de sexo e saunas.
– É um prazer incontrolável. Sem a camisinha o meu prazer triplica. Eu odeio camisinha – diz.
Ele afirma que não é adepto da transmissão proposital. Só faz sexo sem camisinha quando "é consensual", mas já viu colegas de bareback infectando sem consentimento.
– É só você ir a qualquer suruba que vê casos de camisinha furada, pessoas estourando sem o outro saber. Considero um esporte do sexo. Eu não pratico, mas sei de muita gente que gosta.

Link de notícias:
E você, prefere
Assim (com camisinha)

Ou assim (sem camisinha)?

ENQUETE


O que você acha da prática do Bareback?

Sou a favor, tenho prazer no risco de disseminar o HIV.
Sou a favor, mas não havendo a disseminação do HIV.
Sou a favor, havendo ou não a disseminação do HIV
Sou contra, porque a saúde diz respeito unicamente ao indivíduo.
Sou contra, faço apenas de camisinha.
Indiferente, pois as pessoas vão continuar transando sem camisinha.

Responda a enquete ao lado esquerdo do Blog, vamos ver qual é a opinião da maioria!

quinta-feira, 5 de fevereiro de 2015

Estamos de volta... Aventuras de Um Becker!!!! Me adicione também no meu novo Facebook!!!!

AVENTURASDEUMBECKER.BLOGSPOT.COM.BR

Aproveito para agradecer o apoio que recebi via mensagens, e-mail e telefonemas de amigos, é claro que tive muitas críticas dos inimigos também, mas nesse meio faz parte!
Já são mais de 1.000.000 de acessos, é para comemorar!!
Cai entre nós, se chegamos a mais de 1.000.000 é por que a galera está gostando do conteúdo, quem não curte basta se retirar!


Sou de Copacabana RJ Brasil , 21 anos, sou branco, tenho tattoo, 1.74cm de altura, olhos verdes e cabelos loiros, sarado.... Envie convite de amizade! Afinzão de conhecer pessoas novas, estou solteiro no momento. Se aparecer alguém legal, to dentro. Por enquanto estou só :( Tenho carro e sou bem resolvido financeiramente . Não vou mentir, curto muito sexo, mas além disso pode rolar algo a mais também "Pode ou não", uma amizade. Me add no Facebook ou skype. Me adicione agora mesmo para conversarmos :P

Facebook : https://www.facebook.com/mauromachadobeckeroficial

E-mail: mauromachadobecker@hotmail.com

Skype: mauromachadobecker

Cam4: www.cam4.com/mmbecker

Twitter @maurorjrj 

Siga-me no Twitter! http://twitter.com/#!/maurorjrj

Perfil bareback.com: http://www.bareback.com/profile/maurobecker/

COMENTÁRIOS SÃO SEMPRE BEM VINDOS

Blog: http://aventurasdeumbecker.blogspot.com.br/

Obs: Meu perfil anterior foi desativado, estou nesse agora!

To de volta e cada vez mais safado!!!


AVENTURASDEUMBECKER.BLOGSPOT.COM.BR


Mais uma vez, vlw pelo apoido!!

Visits from 137 countries registered.
Visitas de 137 países.



Me adicione:



segunda-feira, 2 de fevereiro de 2015

Notícia no site Terra - Soropositivos usam web para incentivar contaminação pelo HIV

Homens adeptos do bareback - sexo gay sem camisinha - trocam dicas na internet para contaminarem jovens e adolescentes com a Aids



Referente a postagem:  
Remover, cortar ou furar a ponta da camisinha antes do sexo

Eles não costumam revelar seus nomes verdadeiros. As trocas de experiências são feitas em sites cujos colaboradores não são identificados. Outras conversas acontecem em grupos fechados, de redes sociais e aplicativos. É assim, secretamente, que homens de diversas partes do Brasil têm se unido para difundir o bareback, modalidade de sexo sem camisinha cujos adeptos, homossexuais soropositivos ou não, “brincam de roleta-russa” com a possibilidade de contraírem e transmitirem o HIV. E o problema vai além: alguns estão usando táticas para enganar jovens mais ingênuos e também deixá-los vulneráveis à doença.

A prática foi denunciada por um estudante de medicina, no mês passado, em um grupo de discussão sobre questões LGBT no Facebook. O jovem de 24 anos, morador do interior de São Paulo, contou que recebeu o alerta de outros médicos e resolveu compartilhar com o máximo de pessoas possível. “O que me motivou a divulgar este absurdo foi saber que adolescentes estão sendo enganados por esses monstros”, disse ele, que preferiu manter o anonimato, ao Terra. “Eles fazem isso por pura maldade, puro prazer em estragar a vida de pessoas que ainda são novas”, completou.
De acordo com o universitário, alguns barebackers, como são chamados, utilizam a web para conhecer jovens gays, marcam encontros e usam diferentes técnicas para conseguirem transar sem proteção. Inicialmente, tentam convencer o parceiro de que a camisinha atrapalharia o prazer da relação. Quando a persuasão não funciona, furam os preservativos e fazem com que estourem no momento da penetração.
Muitas dessas dicas foram facilmente encontradas pela reportagem em um blog chamado "Novinho Bareback", que foi excluído, assim que a denúncia começou a circular nas redes sociais. Na página, integrantes de um "clube" autodenominado "Clube do Carimbo" publicavam, além de fotos e vídeos pornográficos, textos repletos de gírias próprias, em que explicavam os procedimentos e incentivavam os praticantes mais antigos a buscarem novos garotos para se unirem a eles.

"Lembre-se de aproveitar que agora que são férias escolares e tem muitos ‘putinhos’ universitários puros na praça prontinhos para virem para o nosso clube. Como vocês sabem, o sexo bare tem se tornado a modalidade de sexo mais difundida no mundo! Nosso Brasil tem seguido a tendência e cada dia é mais comum encontrarmos adeptos do bare! Todo macho recém-convertido ao bare, lá no fundo, quer ser ‘carimbado’ para ser convertido para nosso lado, para o bare ‘vitaminado’ (risos)”, havia escrito um membro do grupo. “Vitaminado”, no caso, faz referência aos que são portadores da Aids.
"O bom e velho prego ou agulha... Fura essa p**** toda! Quando gozar, vai vazar vitamina dentro do puto. Funciona melhor em dark rooms e sex clubs com pouca iluminação. Recomendo que fure a ponta, apenas a ponta, por que o passivo pode sentir durante a f*** a fricção do preservativo, daí ‘mela a f***’, ou melhor, não mela! Hahaha Furando só a ponta, quando gozar, dá uma segurada dentro para dar tempo de escorrer o suficiente", havia comentado outro.
Em outro blog chamado "Aventuras de um Becker" encontramos mais dicas ilustradas com imagens, vídeos e gifs. 


"Cortar a ponta ou furar a ponta dos preservativos é algo fácil de se fazer, dá tesão e estimula um novo fetiche feito por poucos e por alguns. O legal é quando você sabota o preservativo no dia que vai f****", disse o autor, que se identifica como Mauro Machado Becker, antes de escrever um passo a passo do processo. "É preciso prática e discrição sobre tal ato (não saia ai contando isso para todo mundo). Não fez ainda? Faça! Pois é bem provável que já tenham feito em você. É algo sigiloso, uma prática feita por alguns e que decidi compartilhar com vocês a ideia que pode acontecer por acidente ou de propósito", completou.

Em seguida, ele ainda demonstrou certa preocupação: "Este texto é só uma ideia, comentada nacionalmente e internacionalmente, um fato que ocorre e que não quer dizer que eu faça isso". 
Outros endereços da internet que exploram o conceito de bareback servem como fórum de discussões sobre o tema e espaço de integração entre os participantes, que combinam abertamente eventos de sexo grupal e gravações de vídeos.
O Terra tentou entrar em contato com Mauro Machado Becker, mas, até o fechamento da reportagem, não obteve retorno.

Por dentro do bareback
Os primeiros registros da palavra bareback (cujo sentido original indicava o ato de cavalgar em um cavalo sem cela) como prática sexual datam do início dos anos 1980 nos Estados Unidos. Na mesma década, a modalidade começou a chegar a alguns países europeus e também ao Brasil como uma "moda" importada das comunidades gays norte-americanas. Simultaneamente, explodiu o boom da Aids em todo o mundo. Nos anos 1990, ele deixou de ser conhecido apenas em pequenos guetos homossexuais e se tornou mais popular (o que aumentou de vez graças à internet).
O aliciamento sem consentimento de novos jovens, no entanto, não é praticado por todos os barebackers. Muitos deles não aprovam a conduta e somente mantêm relações com outros adeptos da modalidade. Mesmo assim, a história não é tão simples.
Em 2009, Luís Augusto Vasconcelos da Silva, professor da Universidade Federal da Bahia (UFBA), escreveu um artigo sobre o tema – decorrente de uma tese de doutorado defendida em 2008 no Instituto de Saúde Coletiva da Universidade Federal da Bahia – que foi publicado no Caderno de Saúde Pública, revista da Escola Nacional de Saúde Pública Sérgio Arouca da Fundação Oswaldo Cruz (RJ). No processo de criação do trabalho, intitulado Barebacking e a Possibilidade de Soroconversão, ele entrevistou praticantes para descobrir qual seria o intuito daqueles homens. A conclusão: não há unanimidade de ideias e intenções.
Em primeiro lugar, o pesquisador descobriu que alguns dos entrevistados transavam sem proteção porque queriam, de fato, contrair o vírus HIV. Eles são conhecidos como bug chaser (em inglês, “caçador de inseto”), homens negativos que procuram um gift giver (“doador de presente”), os positivos, para se contaminarem. Depressivos, eles manifestavam desejo de morrer, mas “não tinham coragem” de cometer suicídio. 

Outros demonstraram, segundo o professor, desejo “indireto” de se contaminarem – não mais por vontade de morrer, mas pela “liberdade” de, ao se tornarem soropositivos, pararem de se preocupar com a proteção. Seria como um “alívio” por contrair uma doença que parecia inevitável.
Alguns rapazes também justificaram a prática alegando que gostavam da sensação de perigo e subversão. Eles contaram ao estudioso que, a cada novo resultado negativo que recebiam em exames de HIV, sentiam a adrenalina subir e era “como se estivessem ganhando o jogo”. Em caso de resultado positivo, a sensação não seria diferente, pois gostavam até mesmo de se sentirem “mais fortes que a infecção”. “Minha postura é subversiva, minha prática também. É para testar meus limites, para ver até onde encaro essa roleta-russa”, afirmou um deles.
Por fim, ainda de acordo com Vasconcelos da Silva, existiam aqueles que sentiam “curiosidade e fascinação” por participar de uma “identidade soropositiva” e, devido aos avanços no tratamento da doença, simplesmente não tinham consciência de sua gravidade. 

Vale lembrar que, consentida ou não, a prática de disseminação de doenças sexualmente transmissíveis é considerada criminosa. Segundo o artigo 130 do Código Penal, “expor alguém, por meio de relações sexuais ou qualquer ato libidinoso, a contágio de moléstia venérea, de que sabe ou deve saber que está contaminado” deve resultar em pena de detenção de três meses a um ano. Se a intenção for transmitir a moléstia, passa para um a quatro anos de prisão.
Falta de políticas públicas e informação
O autor do blog que foi deletado da web, rapaz que se identificava apenas como Matheus, costumava compartilhar fotos e vídeos dele e dos jovens “aliciados” – a maioria com corpos musculosos e definidos.  
“Em um universo onde corpos sarados chamam a atenção, esses ‘carimbados’ também usam esse artificio para conquistar suas vítimas. Fazendo uma associação com os dados apresentados pelo Ministério da Saúde em 2014, foi justamente na idade entre 16 e 24 anos que subiu o número de infectados. Aí entra o papel do governo”, afirmou o estudante autor da denúncia.
Para ele, o Estado tem responsabilidade direta no aumento dos casos de HIV entre os jovens quando cede a pressões de setores conservadores da sociedade e evita criar publicidades direcionadas a LGBTs que alertem sobre a importância do uso do preservativo. Ele relembrou, por exemplo, o Carnaval de 2012, quando o governo federal retirou do ar uma campanha voltada ao uso de camisinha que era ilustrada com dois garotos homossexuais. 




Referente a postagem:  
Remover, cortar ou furar a ponta da camisinha antes do sexo

Lembrando que: "Este texto é só uma ideia, comentada nacionalmente e internacionalmente, um fato que ocorre e que não quer dizer que eu faça isso". 



O que você acha? Acesse a página com a matéria original no site Terra e comente!!!

Caso queira entrar em contato, acesse 
Ou e-mail e skype mauromachadobecker@hotmail.com

Para quem está me condenando ou ameaçando, leia a matéria por completo!!! O blog foi citado por já ter havido comentado sobre tal prática e não que eu pratique o tema que eles colocaram!!! "Este texto é só uma ideia, comentada nacionalmente e internacionalmente, um fato que ocorre e que não quer dizer que eu faça isso". Comento no blog vários assuntos, posto vídeos, fotos e contos passados por mim, se eu curto sem camisinha? Curto sim, assim como a maioria curte sem! Não mete essa que tu nunca fez, que você não prefere ou não tem vontade! Muitos identificam-se comigo por isso, por curtir, ter vontade ou ter feito e quem não estiver satisfeito, só me deletar e não acompanhar minhas publicações, simples assim!!! Qual a preferência mundial dos filmes pornôs? Bareback, sem camisinha, será por quê? A galera prefere sem!
Breve mais postagens em: http://aventurasdeumbecker.blogspot.com.br





sábado, 31 de janeiro de 2015

SURUBA NO RIO DE JANEIRO em fevereiro dias 01 e 15








* ** COMUNICADO IMPORTANTE***

Estamos com OPEN BAR no primeiro horário da festa (das 15:00-16:00), portanto chegue cedo para desfrutar de mais uma novidade que só a FESTA DO VALE TUDOpode oferecer.

Recado dos organizadores: 

A próxima festa será dia 01/02. Essa será a ÚLTIMA festa para quem deseja entrar VIP no evento. Entrar de graça??? Como??? É muito simples, basta comprar na entrada um dos últimos ingressos do passeio de barco que a sua entrada na festa do dia 1º de fevereiro será livre. Teremos atrações especiais e um show de sexo ao vivo que vai te deixar com mais tesão ainda. Venha para o nosso Baile Pré-carnavalesco CARNASURUBA

Dicas By Mauro Machado Becker

  1. Entre sem medo, todos estão lá para fuder e se divertir. 
  2. Quer chupar? Chupe com vontade! 
  3. Quer dar? Fique de 4 e coloque alguém para meter! 
  4. Quer meter? Ponha um cara de costas e já vai enfiando a pica! 
  5. É tímido? Vá para o canto ou um local mais escuro que aos poucos você se acostuma e estará livre para fuder com quantos aguentar. 
  6. Gozou? Não vá embora, pois são várias horas de festa e logo estará pronto para outra, fique apenas nas preliminares ou assistindo
  7. Ninja pauzudo? Corre, pois tem fila e logo chegará sua vez de se deliciar com os caras.
  8. Assistindo o sexo ao vivo? Toque punheta enquanto assiste, pegue o amigo do lado ou participe da suruba ali mesmo.
  9. Tá no ponto para gozar? Arrume uma boca, bunda ou corpo para tu dar leite, afinal, todos estão super afim de fuder e gozar como você. Aproveite!!!
  10. Não falta gente boa lá dentro! Se for feio, pegue apenas a parte de baixo, pau é pau e bunda é bunda e se for bonito use por completo! Goze inúmeras vezes!

INFORMAÇÕES
A FESTA DO VALE TUDO (FVT) é considerada atualmente uma das melhores festas de orgia da cidade, muito comentada por pessoas que curtem SEXO GRUPAL aqui no Rio de Janeiro, outros estados e até mesmo outros países. Ela não é SÓ mais uma festa de orgia, nos baseamos nos conceitos e moldes de festas já existentes na Europa e EUA, mas com características voltadas ao público brasileiro. Isso você poderá notar desde a elaboração dos nossos cartazes (no blog e impressos) até na estrutura do local.
A nossa casa está localizada na zona central da cidade, próximo a estação das barcas, ônibus e metro, o que dá a todos, facilidade de chegar ao local. Dispomos de 5 (cinco) andares onde em cada um as pessoas poderão encontrar ambientes para diversificar o seu prazer.
Temos 150 armários distribuídos em 3 andares, no entanto, sempre pedimos para as pessoas chegarem cedo porque, além de pagarem mais barato (clique em valores), poderão escolher os de melhores localização. Quando acontece de todos os armários estarem ocupados, os pertences das pessoas são colocados em sacolas plásticas onde são lacrados, etiquetados e guardados em local seguro onde somente os responsáveis e pessoas autorizadas tem acesso, o que caracteriza maior segurança a todos.
No primeiro andar, funciona a nossa boate e bar principal onde encontramos todos os tipos de bebidas e drinks isso tudo a cargo do Dj Diney. Nessa boate, temos também o palco onde acontece o melhor show de SEXO AO VIVO da cidade entre outros.
No segundo andar, está localizado um espaçoso Dark Room onde você poderá realizar o seu desejo mais ardente.
O terceiro andar temos além de um boate menor com músicas alternativas, um outro dark room também menor, porém, não menos quente do que o outro.
O quarto andar está reservado as suítes (todas liberadas) e a uma sala de descanso.
O quinto andar temos um terraço onde além de um bar com tv, temos a nossa área de fumante aberta e areja.
IMPORTANTE: em todos os andares temos banheiros que são constantemente limpos.
O estacionamento no local é liberado, mas sempre é bom chegar cedo para encontrar vagas. Nossos seguranças estão a postos para que tudo ocorra na mais perfeita paz, harmonia e tesão.
A festa, como todos sabem, é uma grande orgia onde  somente pessoas do sexo masculino podem participar e tem os seus trajes obrigatórios (clique em regras), por isso, temos um stand no interior da casa onde você pode adquirir e reservar cuecas e jokstrap a um bom preço.
É importante frisar que, como a casa não é e nem tem sauna, ela não dispõe de toalhas e nem de chinelos (clique em regras).
Atualmente, estamos trabalhando com cartões de fidelidade, peça o seu na saída do evento. Nesse cartão, a medida do seu comparecimento é assinalado e no final o seu ingresso será VIP.
IMPORTANTE: a festa só é o sucesso que é por sua causa e dos clientes que lá frequentam, por isso é muito importante a sua sugestão e reclamação. Em qualquer um dos casos, pedimos para que nos passe um email ou nos fale na hora (clique em contatos).

REGRAS

HORA DE COMEÇAR
O horário de chegada será às 15h e informamos que haverá recepcionista e segurança durante todo o evento.

VESTIMENTA

Todos na festa deverão ficar de:

Sunga

Cueca

Jockstrap

Nu.

Aquele que não quiser ficar nesses trajes estará proibido de transitar no interior do Club. Os organizadores poderão retirar do local pessoas que não estejam adequadas com o vestuário obrigatório, uma vez que pode inibir os demais participantes. Camisas são permitidas.

GRUPOS OU CASAIS

A formação de casais ou grupos não é censurada, mas pedimos que, ao se formarem, sejam educados com pessoas que buscam fazer parte dele. Nunca tivemos problemas na festa, mas caso atitudes grosseiras ocorram, a pessoa será convidada a se retirar da festa.
Esperamos ter sido claros.

ATENÇÃO PINTOSAS!

Para aqueles que gostam de dar pinta, gritinhos e outras frescuras, favor deixá-las do lado de fora. A festa é para sexo grupal entre machos. Ninguém gosta de, na hora em que está fudendo, que apareça uma pintosa perguntando se está tudo bem com a amiga.
Sejamos conscientes, por favor! O local é para fuder, mas não com a paciência.

HIGIENE E PROTEÇÃO


Todos deverão levar seus materiais de higiene pessoal: toalha, sabonetes e etc.enfim, o que achar necessário. Pedimos aos passivos e versáteis para que se possível realizarem sua higiene antes de sair de casa.

ENCERRAMENTO

O término da festa será impreterivelmente às 22h.

VALORES

IMPORTANTE: exijam sempre seus descontos na portaria!

Ninjas dotados a vontade para chupar


Sexo ao vivo para ver e participar

Gogoboys


OBS: Fotos tiradas durante os shows e exibições, mas retiradas rosto ou qualquer identificação pelo sigilo de todos (fique tranquilo).

Suruba durante a festa

Somente quem vai sabe da putaria e sente o tesão de estar em um local como esse!

Como Chegar:

Rua do Mercado, 25 - Praça XV 
Centro - RJ


Mais informações em: http://festadovaletudo.blogspot.com.br/